Filhos da Dita: Destrinchando memórias, construindo histórias

Esse é o projeto que visa a produção e montagem do espetáculo A Guerra. Para tanto foi estruturado sobre quatro pilares (01. Pesquisa teórico prática do grupo; 02. Trabalho corporal do ator; 03. Registro e sistematização do processo e 04. Outros). Cada um desses pilares é composto por diversas atividades, como ensaios, estudos em grupo e intercâmbio com outros grupos da cidade de São Paulo.

Mesmo sem captar recursos financeiros para sua realização, estamos desde janeiro de 2013, colocando-o em prática e nesse caminho, pudemos contar, mais uma vez, com todo o apoio e carinho do grupo Pombas Urbanas e dos irmãozinhos mais novos da Cia Teatral Aos Quatro Ventos e Trupe de Circo Teatro Palombar. Também não podemos deixar de citar o autor da obra, Oscar Castro e o Théâtre Aleph, que gentilmente nos cedeu o direito autoral para a montagem e com os quais estamos estreitando nossos laços. Gostaríamos de agradecer aos grupos Arlequins e Kiwi Cia de Teatro, aos artistas Romualdo Freitas, Áurea Karpor e Victor Poeta e aos músicos Di Ganzá e Toni Palumbo, por compartilharem seus conhecimentos e contribuírem diretamente no processo de montagem.

A caminhada está quase chegando ao seu alvo, o dia 19/10/13, data prevista para a estreia, que acontecerá na nossa sede, o Centro Cultural Arte em Construção.

Para mais informações sobre esse processo, acompanhe nosso diário de bordo por aqui e pelo face (www.facebook.com/Filhos.da.Dita).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s